Você Está
Início > Notícias > Cidade > Quase 80 famílias foram desalojadas pela enchente em Rosário do Sul

Quase 80 famílias foram desalojadas pela enchente em Rosário do Sul

A solidariedade marcou o sábado (12) em Rosário do Sul, onde quase 80 famílias estavam desabrigadas até o início da noite, devido à enchente no município. Em sua maioria, elas foram acolhidas em casas de familiares e as demais no ginásio da Escola Municipal de Ensino Fundamental Oliveiro Thaddeo, no bairro Ana Luiza.

Bombeiros auxiliaram Assistência Social na entrega de donativos. Foto: Bombeiros Militares / Divulgação

Até as 19h, o rio Santa Maria havia subido e estava com cerca de 7 metros, causando alagamentos nos bairros Progresso, Areias Brancas e Vila Nova, na zona urbana de Rosário do Sul. A água também atingiu a Vila Carmelo, no outro lado da margem.

Conforme a Defesa Civil e o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Prefeitura Municipal, até o início da noite de ontem, 58 famílias desalojadas foram abrigadas em casa de familiares e outras 19 famílias no Ginásio de Esportes da Escola Oliveiro Thaddeo. Estas últimas, residentes da Carmelo, foram transportadas entre sexta-feira (11) e sábado pelo 4º Regimento de Carros de Combate (RCC). Há ainda, outras pessoas que saíram de locais onde a água dos dois rios da cidade atingiram suas casas. A região da Praia das Areias Brancas ficou toda submersa, afetando alguns bares e restaurantes da orla.

O Corpo de Bombeiros presta auxílio à Secretaria Municipal de Assistência Social para a distribuição de alimentos aos desabrigados. Além disso, a Defesa Civil e uma equipe de voluntários seguem auxiliando na retirada de outras pessoas das margens do Santa Maria, bem como preparando as refeições para os atendidos no Thaddeo. Lá, podem ser entregues donativos, assim como no Quartel do Corpo de Bombeiros.

Leia mais notícias da editoria Cidade

As chuvas retornaram na manhã de sábado, 12, quando foi registrado mais 25 milímetros na zona norte, totalizando um acumulado de 340mm desde quarta-feira (09). O índice é ainda mais impactante quando somados aos primeiros 12 dias do ano, ficando em 444mm. Em dezembro, choveram 284mm e em novembro 380mm. A soma ultrapassa os 1.000mm de chuva, reflexo do El Niño que está atuando na região. Modelos preveem mais chuvas na próxima semana.

Foto em destaque: Defesa Civil / GGI / Divulgação

Deixe uma resposta

Top