Você Está
Início > Notícias > Cidade > Abertura da 36ª Gauderiada da Canção Gaúcha ocorreu na manhã de sexta-feira

Abertura da 36ª Gauderiada da Canção Gaúcha ocorreu na manhã de sexta-feira

A 36ª Gauderiada da Canção Gaúcha teve sua abertura oficial na tarde da última sexta-feira (12), no Parque de Exposição Ananias Vasconcellos, em Rosário do Sul. O festival é um dos poucos ininterruptos ao longo dessas mais de três décadas de realização. O evento também é o único grande festival que acontece no mês de janeiro. Desde a noite de sexta-feira as canções candidatas têm sido apresentadas, e neste domingo acontece a final, quando serão anunciadas as vencedoras, tanto da adulta como da mirim, que está em sua 29ª edição.

Autoridades municipais, patrocinadores e membros da diretoria da Associação Gauderiada da Canção Gaúcha fizeram-se presentes na solenidade oficial de abertura. Dentre eles, estava o prefeito em exercício, Rafael Pinto (PPS) e o presidente da Gauderiada, Paulo Fernandes, que falou aos presentes sobre essa 36ª edição do festival e ainda a 29ª Gauderiada Mirim.

Fernandes destacou, em entrevista à Rádio Marajá AM, que dos grandes festivais do Estado, somente a Gauderiada prossegue graças aos apoios neste mês de janeiro, abrindo o circuito estadual de eventos nativistas. “A Gauderiada é um dos poucos festivais que se mantém durante todo esse período dos festivais considerados grandes do Estado. Já tivemos muitos festivais que não ocorrem mais. No mês de janeiro, havia quatro festivais, e hoje só a Gauderiada se mantém. Isso, graças à Lei de Incentivo a Cultura, Prefeitura, Sindicato Rural, comércio de Rosário e toda essa equipe que nos acompanha ao longo desses 36 anos. Nós, que já somos ‘dinossauros’ do festival, estamos desde sua primeira edição, há 36 anos militando nesse evento que nos trás muita alegria e satisfação”.

O presidente da Gauderiada conclamou a comunidade para que se faça presente durante todos os dias do festival. Além disso, ressaltou que cada valor arrecadado, tanto na portaria como no estacionamento, é importante devido às despesas. “Quero conclamar toda a população de Rosário para que nos prestigiem, e venham no parque, pois os custos são muito altos”, concluiu Fernandes.

SAIBA MAIS – Neste ano, a portaria do festival está à cargo da patronagem do CTG Passo do Rosário e a segurança, tanto no estacionamento como na região em torno do palco e da cidade de lona, é feita pela empresa rosariense Sentinela. A 36ª Gauderiada da Canção Gaúcha tem, pela primeira vez, transmissão ao vivo entre os dias 12 a 14 de janeiro, através da página da Gazeta de Rosário no Facebook (facebook.com/gazetaderosario). A apresentação é realizada por Dyuli Soares e Thiago Lima. Acompanhe!

Mais de três décadas de realização ininterrupta

Com 36 anos de história, a Gauderiada da Canção Gaúcha foi criada por Ramão Bonila e Lair Eich, inspirados na Califórnia da Canção Gaúcha, de Uruguaiana, que foi a precursora nesse tipo de evento. Já o nome do festival de Rosário do Sul foi dado pelo rosariense Artur Henrique dos Santos.

Nos primeiros anos, a Gauderiada tinha a apresentação das composições concorrentes no Ginásio de Esportes Ervilhão. Apenas as tertúlias livres eram realizadas no Parque de Exposições Ananias Vasconcellos, onde já havia também o acampamento crioulo, como era chamado na época.

Anos mais tarde, visando otimizar questões como infraestrutura e agregar o público, a Gauderiada foi transferida completamente para o Parque de Exposições, onde é realizada até hoje. Muitas canções marcaram esta história, como a clássica “Manhãs”, interpretada por Oristela Alves, “Rodeio das Almas”, interpretada por Luiz Marenco, “Brincando de Gato Cego” e “Elegia ao Pássaro Cantor”, do rosariense Joel de Freitas Paulo, entre outras tantas.

Sete anos após sua criação, surgiu a Gauderiada Mirim, que vai para sua 29ª edição nesse ano de 2018.

No ano passado, a grande vencedora da 35ª Gauderidada da Canção Gaúcha foi a milonga “Princípio”, de Gujo Teixeira e Evair Suarez. A canção foi interpretada por Ita Cunha e Adriano Gomes, com música de Juliano Gomes. A música representou Lavras do Sul e Santana do Livramento, e recebeu o Troféu Gaudério, nomeado de Dr. Romeu Domingos Andreazza (in memorian), homenageado da edição.

Já na Gauderiada Mirim, os intérpretes vencedores foram Luiz Filipe dos Santos Pavani, de Porto Alegre, na categoria Pré-mirim; Isadora Carvalho Mota, de São Gabriel, na Mirim; e Isabelle Jung Mottini, de Porto Alegre, na Juvenil.

Reportagem: Julio Lemos / Gazeta de Rosário
Fotos: Renato Moraes / Gazeta de Rosário

Deixe uma resposta

Top