Você Está
Início > Notícias > Destaque > “As mulheres de Rosário não estão se calando, estão se organizando e isso é muito bom”, diz deputada Stela Farias em visita ao município

“As mulheres de Rosário não estão se calando, estão se organizando e isso é muito bom”, diz deputada Stela Farias em visita ao município

Defesa das mulheres, igualdade de gênero e enfrentamento à violência e aos feminicídios são algumas das pautas defendidas pela deputada estadual Stela Farias (PT). Ela acompanhou a caravana “Lula pelo Brasil”, que passou no final da manhã da ultima terça-feira (20) por Rosário do Sul. A deputada aproveitou a passagem pela cidade para prestar seu apoio à movimento em prol das mulheres, e conversou com a Gazeta sobre ações.

Não é de hoje que Stela luta pela garantia dos direitos das mulheres, principalmente em espaços de poder. Começou na carreira política como vereadora em Alvorada, cidade natal. Logo após, foi eleita a prefeita da cidade por dois mandatos consecutivos, em 1996 e em 2004. Em 2006 foi eleita deputada estadual e permanece no cargo até hoje. Esse ano pretende concorrer pela última vez. Atualmente, Stela é a primeira mulher líder da bancada do PT, desde fevereiro de 2017.

Em entrevista à Gazeta, Stela relatou que a temática de gênero sempre esteve presente em seus mandatos, porque a representação das mulheres é muito limitada. Entre os projetos de autoria da deputada, está a criação da Procuradoria da Mulher da Assembleia Legislativa, a qual impulsionou a implantação desse projeto na Câmara de Vereadores de Rosário do Sul. O objetivo da procuradoria é acolher denúncias de discriminação e violência contra a mulher.

Stela destacou, ainda, a preocupação com as 40 ocorrências, em fevereiro, envolvendo a Lei Maria da Penha em Rosário do Sul. “Apesar desse número alarmante que vocês apresentam, as mulheres de Rosário não estão se calando, estão se organizando e isso é muito bom. Elas foram me procurar pra ajudar a criar a procuradoria e criamos. A vereadora Maria Eugênia (PDT) conseguiu dos outros vereadores apoio”, salienta.

Para Stela, um dos caminhos que podem auxiliar as mulheres é o incentivo ao empoderamento. Ou seja, “é elas puderem se formar, se capacitar, ter o apoio, ter políticas afirmativas que lhes ajudem a sair da miséria extrema e da condição de romper o ciclo da violência. Boa parte das mulheres que sofrem violência, são vitimadas pela falta de autonomia financeira”, declarou. A deputada salienta que mantém contato direto com a Procuradoria da Mulher de Rosário do Sul e pretende continuar ajudando no que for possível.

Reportagem: Larissa Hummel / Gazeta de Rosário
Foto: Larissa Hummel / Gazeta de Rosário

Deixe uma resposta

Top