Você Está
Início > Notícias > Destaque > Aumentam os casos de violência contra a mulher em Rosário

Aumentam os casos de violência contra a mulher em Rosário

Mais seis casos de violência contra a mulher foram registrados em Rosário do Sul recentemente. Dois deles são referentes ao mês de novembro e os outros quatro são os primeiros registros de dezembro. Desde fevereiro deste ano, já são contabilizados 214 ocorrências deste tipo de crime em Rosário do Sul.

O caso mais recente foi registrado na madrugada de segunda-feira (3), quando a Brigada Militar foi acionada pelo pai da vítima. Ele informou que sua filha de 15 anos foi agredida pelo namorado de 25. A vítima estava com arranhões e marcas de queimadura com pontas de cigarro no rosto, além de lesões na cabeça. Ela ainda foi golpeada com uma cadeira e foi ameaçada pelo acusado. Ela solicitou medidas protetivas de urgência.

Na noite de domingo (2), uma mulher de 25 anos acionou a Brigada Militar após ser ameaçada pelo ex-companheiro, de 21, que não aceita o fim do relacionamento. O acusado foi até a residência da vítima, onde fez contra sua integridade física. Ela também solicitou medidas protetivas.

Antes, na madrugada do domingo (2), a Brigada Militar foi acionada para atender uma mulher de 37 anos que informou ter sido atingida com socos no rosto pelo companheiro, de 37 anos. Ela ficou com lesões no olho direito. A vítima requereu medidas protetivas.

Leia mais notícias da editoria Polícia

Já no sábado (1º), a Brigada atendeu uma ocorrência que envolveu um homem de 22 anos e uma mulher de 40. Eles estavam agredindo um ao outro dentro de um veículo. Ambos estavam com pequenos arranhões. Eles foram encaminhado para a Polícia Civil.

No mês de novembro outros dois casos foram registrados. Na madrugada do dia 30, no centro da cidade, um homem de 40 anos segurava a vítima, de 35, pelos cabelos. A mulher disse que o homem havia lhe agredido, sendo ela encaminhada a exame médico. Ela solicitou medidas protetivas.

Na mesma data, uma mulher de 21 anos compareceu na Polícia Civil para informar que foi vítima de lesão corporal. Conforme o registro, a vítima vem sofrendo ameaças e agressões de seu companheiro e, na manhã do dia 29, ela teria sido agredida com tapas, socos e chutes. A vítima solicitou medidas protetivas.

Com estes registros, o mês de dezembro contabiliza quatro registros de violência contra a mulher. O mês com maior incidência deste tipo de crime foi fevereiro, quando 40 ocorrências foram registradas na cidade. Em novembro foram 37 registros. Os números já totalizam 214 crimes de violência contra a mulher em 2018.

Deixe uma resposta

Top