Você Está
Início > Notícias > Destaque > Bombeiros de Rosário do Sul combateram incêndios na virada do ano

Bombeiros de Rosário do Sul combateram incêndios na virada do ano

A 2ª Companhia dos Bombeiros Militares de Rosário do Sul, pertencente ao 10º Batalhão de Bombeiros Militar, teve muito trabalho na virada do ano de 2017 para 2018. Pelo menos quatro grandes incêndios foram registrados na área de atuação da corporação, nos municípios de Rosário do Sul e Cacequi. Apesar dos danos materiais, não houve feridos em nenhuma das situações.

O primeiro combate a incêndio ocorreu na noite de sábado (30), nos campos do bairro Elígio Canestrini, ao lado da Delegacia de Polícia Civil. Agentes solicitaram a presença dos bombeiros na rua Regente Feijó para conter o fogo que tomava conta da vegetação. O sinistro foi extinto com uso de água e abafadores. Esta região da cidade constantemente é alvo de incêndio em vegetação, que fica bastante seca nesta época do ano, agravada pelas altas temperaturas.

No dia seguinte, durante a quente tarde de domingo (31), moradores do bairro Primavera solicitaram os bombeiros para o combate a um fogo em resíduos de limpeza de pátio, árvores e taquareiras secas. As chamas de grandes proporções tomaram um terreno localizado nos fundos de um depósito de gás de cozinha, na rua João Brasil.

Bombeiros usaram cerca de 10 mil litros de água para conter chamas no Primavera

O fogo ameaçava, além do depósito de gás, as casas vizinhas, e atraiu a atenção de um grande número de populares, que foram até o local acompanhar o trabalho dos bombeiros. A Brigada Militar interditou uma quadra da rua João Brasil, divisa do bairro Primavera com Areias Brancas, para facilitar o trabalho de extinção das chamas. Os bombeiros utilizaram dois caminhões pipas, com uso de aproximadamente 10 mil litros de água.

Já na manhã de segunda-feira (1º), houve um incêndio em Cacequi, no Centro Integrado de Crianças e Adolescentes (Cica).  A monitora do local, usado para abrigar crianças e adolescentes em vulnerabilidade social, na rua Tancredo Neves, solicitou a presença dos bombeiros. Quando a corporação chegou, o prédio estava em chamas e parte da cobertura já havia caído.


O Cica possuía cerca de 20 peças, sendo que aproximadamente cinco delas não haviam sido afetadas. Com uso de alavancas e arrombadores, os bombeiros abriram acesso para a extinção do incêndio. Camas, roupeiros, mesas, cadeiras, roupas e móveis em geral foram destruídos. A guarnição contatou o secretário de Assistência Social de Cacequi para providenciar a interdição do todo prédio. A estrutura e rede elétrica passarão por avaliação de engenharia e técnicos da prefeitura. Foram usados 8 mil litros de água para a extinção das chamas, além de quatro mangueiras de 1,5 polegadas.

Já na madrugada de terça-feira (2), por volta da meia noite, os bombeiros foram acionados por uma moradora da rua Independência para extinguir um incêndio em uma casa localizada ao lado da sua, na esquina com a General Osório. A casa estaria abandonada e seria usada por moradores de rua. O local foi tomado pelas chamas, ficando todas as peças queimadas. Os bombeiros usaram uma alavanca para a retirada do telhado e assim abrir um acesso para a saída da fumaça. Foram utilizados neste combate a incêndio, um total de 7 mil litros de água. O fogo foi extinto às 2h50 da madrugada de terça-feira.

Reportagem e fotos: Julio Lemos / Gazeta de Rosário 

Deixe uma resposta

Top