Você Está
Início > Notícias > Destaque > Ceará empata com assistência de Ricardinho pela Série B do Brasileirão

Ceará empata com assistência de Ricardinho pela Série B do Brasileirão

O rosariense Ricardinho novamente teve participação importante no caminho do seu time, o Ceará, na busca pelo acesso à Série A do Brasileirão. O alvinegro empatou, na noite da última terça-feira (7), em 2 a 2 com o Guarani, no Castelão, em Fortaleza. Um dos gols contou com assistência do meia de Rosário do Sul. O jogo ainda teve um polêmico gol cearense anulado por impedimento.

O Ceará abriu o placar com passe de Ricardinho, aos 14 minutos do primeiro tempo. O rosariense cobrou uma falta do lado esquerdo e Rafael Pereira apareceu livre, no meio da área, para cabecear forte e balançar as redes, sem chances para o goleiro Leandro Santos. Depois, o Guarani arrancou o empate, aos 21 da primeira etapa, após pênalti convertido por Bruno Nazário.

Já no segundo tempo, Diego Jussani, aos 28 minutos, virou para o Guarani, mas o Ceará buscou o empate aos 34 minutos, com Magno Alves. O lance polêmico do jogo foi assinalado aos 38 finais, quando após cobrança de falta, Richardson, em posição legal, chutou no rebote do goleiro, marcando o que seria o terceiro gol do Vovô. Porém, o assistente Marcos de Amorim anulou o gol, sinalizando impedimento.

Com o resultado, o Ceará está na terceira posição da Série B, com 59 pontos. A liderança é do Inter e o vice-líder é o América Mineiro, ambos com 63 pontos. O próximo desafio é contra o Goiás, neste sábado (11), no Serra Dourada, em Goiânia, às 17h30.

“O que é nosso ninguém tira”

A reportagem da Gazeta falou sobre o jogo com Ricardinho, que está otimista com a possibilidade de acesso do Ceará. A última vez que o time esteve na Série A do Brasileirão foi em 2011.

“Foi um jogo difícil, a gente sabia que seria mais uma decisão, uma final, jogo decidido no detalhe. Acho que se a gente não tomasse aquele gol no primeiro tempo, tínhamos grande chance de sair vencedores da partida, a gente tinha o controle do jogo”, analisou o rosariense.

Ricardinho também lembrou da falha da arbitragem. “Se não fosse um erro do bandeirinha, a gente tinha conseguido a vitória. Um gol legítimo, e acabou nos prejudicando. Seriam mais dois pontos na tabela, nos daria uma gordura melhor. Mas paciência, vamos que vamos. Deus já preparou, tenho certeza. O que é nosso ninguém tira”, concluiu.

Reportagem: Julio Lemos / Gazeta de Rosário
Foto: Lucas Moraes / Ceará SC / Divulgação

Deixe uma resposta

Top