Você Está
Início > Notícias > Cidade > Chuva ultrapassa os 200 milímetros em Rosário do Sul

Chuva ultrapassa os 200 milímetros em Rosário do Sul

Conforme previsto pelos órgãos de meteorologia, a chuva chegou forte a Rosário do Sul nesse sábado (24). Segundo o Metsul, até a tarde de hoje já havia caído 237 milímetros no município.

A precipitação em Rosário foi pelo menos duas vezes maior que em municípios da região, como, por exemplo, Quaraí, onde segundo o Metsul havia chovido cerca de 100mm. Segundo noticiado pelo Jornal do Almoço da RBS TV nesse sábado, o volume corresponde à 150% da média de chuvas de março.

Ainda na tarde de sexta-feira (23), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) havia emitido alerta de risco de tempestade com grau de perigo para este sábado em todo o Rio Grande do Sul. Rosário do Sul estava relacionado entre os municípios que poderiam ser atingidos, mas até a publicação dessa notícia não havia relatos de eventos climáticos mais severos além da chuva. No entanto, o órgão prevê intensificação da precipitação no período da tarde e à noite, com possibilidade de queda de granizo em áreas isoladas.

Além do INMET, a Defesa Civil do Estado também emitiu mensagem de SMS informando sobre o possível evento climático neste sábado.

A chuva deve continuar até a manhã deste domingo (25), conforme o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC). À tarde, o céu deve ficar parcialmente nublado, e as temperaturas devem variar entre 26°C e 15°C.

Frente fria traz chuva volumosa e rajadas de vento em pontos isolados

A Metsul explica que a chuva volumosa foi causada por uma frente fria que chegou à fronteira oeste do Rio Grande do Sul na madrugada. O órgão alerta que há risco ainda de temporais com rajadas de vento, raios e queda de granizo em pontos isolados. Vendavais com 80 km/h poderão ocorrer.

Já na Metade Norte do Estado, a maioria dos modelos indica aberturas de sol e forte abafamento no turno da manhã, porém entre a tarde e a noite a chuva se espalha com risco de temporais isolados que podem ser intensos de forma localizada com rajadas de vento, raios e granizo.

“O interessante é o volume de precipitação indicado pelos modelos com mais de 80 a 100 mm em cidades do Oeste gaúcho, quantidade de chuva muito elevada para ocorrer em 24 horas”, é informado em nota divulgada pelo Metsul.

Mapas mostram o volume de precipitação previsto para o estado. Foto: Reprodução / Metsul Meteorologia

Foto em destaque: Andreia Vieira / Divulgação

 

Deixe uma resposta

Top