Você Está
Início > Notícias > Destaque > Claudio Prates será auxiliar técnico do Palmeiras

Claudio Prates será auxiliar técnico do Palmeiras

O rosariense Claudio Prates, o “Claudinho”, que atuou por cinco anos no América de Minas Gerais e um dos responsáveis pelo acesso do clube da série C para a Série A do Brasileirão, será anunciado na próxima semana como o auxiliar técnico do atual campeão brasileiro, o Palmeiras. O convite chegou após o desligamento do ex-jogador no América. Ele falou com exclusividade à Gazeta sobre o importante momento na carreira.

Claudinho irá substituir Alberto Valentim que era o auxiliar fixo e agora treina o Red Bull. O rosariense trabalhará com o técnico Eduardo Baptista. Claudio Prates, 50 anos, chegou a assumir o América Mineiro interinamente no início do Brasileiro de 2016, quando o então técnico Givanildo Oliveira foi demitido. Em outubro, o rosariense deixou o time, após um acordo com a diretoria.

Prates falou de sua longa passagem pela equipe mineira. “Com bastante êxito, deixamos na Série A um time que estava na C. Em 2016, infelizmente caiu por várias razões de administração. Preferi sair com a porta aberta, como deixei, e fiquei muito feliz pelo reconhecimento do meu trabalho lá”, pontuou.

Após a saída do América, Claudinho revelou que recebeu o convite de Alexandre Mattos e Cícero de Souza. “Chegar num clube, atual campeão brasileiro, com um investimento como o do Palmeiras, é o reconhecimento do trabalho. Já conhecia o Alexandre, que é diretor de futebol, ele já tinha trabalhado na Série C no América, e várias outras pessoas do departamento. O próprio Cícero, que é do Grêmio, conhecia já. Então, felizmente a gente já goza de um nome dentro do mercado e isso facilitou”.

A apresentação de Eduardo Baptista e Claudio Prates deve ocorrer na próxima terça (10), em São Paulo, na sede do Palmeiras.

Rosariense assume cargo de auxiliar técnico fixo do Palmeiras na terça-feira (10). Foto: Arquivo Pessoal

Projeções para o futuro e a nova função

Conforme o técnico rosariense, a saída de Valentim abriu espaço para sua chegada ao Palmeiras. Em dezembro ele foi comunicado da possível contratação. “É um trabalho duro por todas as conquistas que foram feitas no clube, mas estou bastante confiante também de poder abrir mais um pouquinho o mercado, me firmar mais dentro desse meio tão competitivo e atingir esse nível,” avalia.

Segundo Prates, ele recebeu vários convites para assumir como treinador algumas equipes, mas preferiu manter a posição de auxiliar. “Agora é pensamento e foco total em fazer um bom trabalho e voltar a deixar boas impressões no clube com o profissionalismo de sempre”, concluiu.

Trajetória de gols e títulos

O rosariense Claudinho iniciou sua carreira futebolística nas categorias de base do Internacional de Santa Maria, onde se tornou profissional e ídolo a partir de 1983. Foi campeão brasileiro de Juniores pela Seleção Gaúcha em 1984 e em 1986 foi negociado com o Vasco (RJ), clube onde conquistou o título da Taça Guanabara daquele ano.

Também atuou em vários clubes no país e em 1987 jogou no Farense SC (Portugal), 1.FC Kosice (Eslováquia), Al Arabi SC (Qatar), Al Arabi do Kuwait e Al Shoulla SC (ambos da Arábia Saudita).

Claudinho brilhou com a camisa 9 do ABC de Natal, marcando mais de 60 gols nas temporadas de 1996 e 1997, sendo artilheiro dos dois campeonatos. Ele foi jogar no mundo árabe levado pelo técnico Ferdinando Teixeira. Em dez anos no exterior, entre Oriente Médio e Europa, conquistou títulos sendo tri campeão da Copa do Emir, da Kharafi Cup e da Copa do Príncipe, todas no Kwait, além de títulos na Arábia Saudita.

De volta ao Brasil, em 2004, encerrou a carreira como jogador e passou a se especializar. Foi trabalhar no Vitória da Bahia, onde também foi campeão como jogador. Formou-se técnico e aplicou cursos de especializações dentro e fora do Brasil. É formado em Educação Física.

Como auxiliar técnico, muitas vezes assumindo o comando, ele atuou no Vitória, Brasiliense, Paysandu, Vila Nova, Sport Recife, Santa Cruz, Remo, Joinville até chegar em 2011 ao América Mineiro. Foi campeão em 2016 do Campeonato Mineiro.

Deixe uma resposta

Top