Você Está
Início > Notícias > Destaque > Consulta Popular define áreas a receberem investimento do estado em 2019

Consulta Popular define áreas a receberem investimento do estado em 2019

Terminou na última sexta-feira (27) a votação da Consulta Popular no Rio Grande do Sul. O processo foi prorrogado em um dia, para que as cidades tivessem mais chance de atingirem os percentuais mínimos de votação. Em municípios que possuem entre 10 e 40 mil eleitores, por exemplo, como é o caso de Rosário do Sul, é preciso alcançar 5% de votantes para que a cidade receba os recursos referentes às demandas solicitadas.

A mudança estimulou a Consulta Popular deste ano a ter recorde de votação. A Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG) computou 794.312 votos durante os quatro dias de pleito, o maior número registrado em quatro anos. Ao todo, foram escolhidos 110 projetos. Todos foram previamente definidos em assembleias como prioritários pela população nas 28 regiões dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes), que representam os 497 municípios do estado.

Em Rosário do Sul, que possui 32.418 eleitores, o percentual de votação ficou em 14,81%, totalizando 4.801 votos. Na Fronteira Oeste, o município ficou atrás apenas de Uruguaiana, São Borja e São Gabriel, com 9.474, 7.143 e 6.063 votantes cada, respectivamente.

Das dez demandas em votação para a região, foram eleitas quatro para receberem recursos no valor de R$ 905.317,00 cada uma. As áreas contempladas são a saúde; a cultura, esporte e lazer; o desenvolvimento rural; e a segurança pública. As verbas serão direcionadas às secretarias estaduais que atendem esses setores.

Leia mais notícias da editoria Política

Os projetos contemplados são, respectivamente e nessa ordem de escolha: ampliação, reforma, e aquisição de equipamentos para estabelecimentos de saúde vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS); infraestrutura e equipamentos turísticos para o bem receber; apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar; e reaparelhamento dos órgãos de segurança. A Consulta Popular é uma votação anual do governo gaúcho em que todos os eleitores podem escolher quais obras, projetos ou demandas serão contempladas. Ou seja, com o voto, o município tem a opção de decidir onde serão investidos parte dos recursos do Rio Grande do Sul. Rosário do Sul já foi beneficiado com o resultado de outras Consultas Populares, em anos anteriores. Dentre elas pode ser citada a aquisição de caminhão para o Corpo de Bombeiros, reforma do bloco cirúrgico do Hospital de Caridade Nossa Senhora Auxiliadora (HCNSA), construção de pavilhão Escola Estadual de Ensino Fundamental Nossa Senhora do Rosário, entre outras.

Anualmente, o governo fixa o valor que será destinado para a consulta. Para 2019, serão distribuídos R$ 80 milhões entre 28 regiões do estado.

Prioridades eleitas para a Fronteira Oeste

  1. Secretaria Estadual da Saúde (SES): Ampliação, reforma, e aquisição de equipamentos para estabelecimentos de saúde vinculados ao SUS – 15.130 mil votos

  2. Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (SEDATEL): Infraestrutura e equipamentos turísticos para o bem receber – 9.488 mil votos

  3. Secretaria do Desenvolvimento Rural (SDR): Apoio ao desenvolvimento da Agricultura Familiar – 7.074 mil votos

  4. Secretaria da Segurança Pública (SSP): Reaparelhamento dos Órgãos da Segurança – 6.350 mil votos

Reportagem: Caroline Motta / Gazeta de Rosário
Foto: Divulgação / Governo RS / Consulta Popular

Deixe uma resposta

Top