Você Está
Início > Notícias > Destaque > Doce e seringa encontrados em Livramento levantam suspeitas de envenenamento

Doce e seringa encontrados em Livramento levantam suspeitas de envenenamento

Alguns dias após jovens serem internados no hospital de Santana do Livramento após ingerirem chocolates supostamente envenenados, uma nova suspeita foi levantada em torno de um alimento. Na madrugada deste sábado (12), um chocolate foi encontrado junto a uma seringa, em bairro do mesmo município. A Brigada Militar foi chamada para averiguar o caso.

Os produtos foram encontrados no bairro Jardim Alvorada, guardados dentro de uma garrafa de plástico, posicionados em cima de um saco de lixo. A BM foi acionada durante a madrugada, por meio de denúncia anônima dizendo que o material havia sido deixado no local.

Chamou atenção que o chocolate era da marca Leite Moça, que seria a mesma marca dos doces ingeridos pelos jovens hospitalizados. Especula-se que a seringa serviria para injetar o veneno nos produtos.

Os objetos foram recolhidos e encaminhados à Delegacia de Polícia de Santana do Livramento.

Foto: Sentinela 24h

Entenda o caso

Na noite última quarta-feira (9), quatro jovens, de 16, 18, 24 e 26 anos, foram internados na Santa Casa de Misericórdia de Santana do Livramento. Eles passaram mal após ingerirem chocolates supostamente envenenados. Os doces foram encontrados dentro de um estojo jogado em uma calçada, próximo a uma escola do município.

O produto foi encontrado pela mãe de três das vítimas e consumido pelos jovens e pela namorada de um deles quando a mulher retornou para casa. O estado das vítimas foi considerado grave e duas delas foram internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O menor, de 16 anos, era o que apresentava situação mais preocupante, visto que seria o que teria ingerido maior quantidade do alimento. Já o rapaz de 18 anos, que é militar do Exército, foi levado para o Centro Hospitalar Santanense (CHS), local conveniado do 7º Regimento de Cavalaria Mecanizado (RCMec).

A Polícia Civil investiga câmeras de segurança próximas à escola onde os doces foram encontrados. O material apreendido foi enviado para análise, mas informações extraoficiais dão conta de que o veneno pode ter sido injetado no recheio do chocolate, da marca Leite Moça, com uma seringa. Outra hipótese trabalhada é que a ação envolva o jogo “Baleia Azul”, popular por incentivar crianças e adolescentes a causarem mal a si próprios e a terceiros.

Com informações e fotos do Sentinela 24h

Deixe uma resposta

Top