Você Está
Início > Notícias > Destaque > Idoso é morto a golpes de facão no interior de Cacequi

Idoso é morto a golpes de facão no interior de Cacequi

Um idoso de 70 anos foi morto na noite desta segunda-feira (6), no interior do município de Cacequi, após uma briga em família, que envolveu violência contra a mulher. Ele foi atingido por facadas e chegou a ser socorrido. A vítima foi encaminhada ao Hospital de Caridade Nossa Senhora Auxiliadora, em Rosário do Sul, mas não resistiu aos ferimentos.

O Corpo de Bombeiros de Rosário do Sul foi acionado por volta das 21h30 para prestar atendimento à vítima de esfaqueamento na Capela do Saicã, interior de Cacequi. Populares socorreram o idoso e o levaram em direção à Rosário pela estrada do Rincão dos Menezes. Ele foi transferido para a ambulância dos Bombeiros na região da Cruz de Pedra. Apesar dos esforços, ele acabou falecendo.

Laci Borges Dorneles perdeu a vida um dia antes de completar seus 71 anos. Ele teria sido esfaqueado pelo menos dez vezes, no que teria sido uma tentativa de defender sua filha, de 41 anos, do agressor. O homem, de 62 anos, seria o seu genro. Conforme declaração da mulher à Polícia Civil, ela teria sido ameaçada com uma faca pelo companheiro e fugido para a casa de seu pai. O acusado, de posse da arma branca, teria seguido a esposa e atacado o idoso. O cunhado da mulher interveio na situação.

A ameaça teria começado na casa do casal, que fica na Capela do Saicã, pouco antes das 21h. A casa da vítima ficava próxima do local. O idoso não teria tido tempo de reagir aos golpes de facão. Já o homem apontado como autor do crime retornou para sua residência e trancou-se no local.

Outra testemunha do caso contatou a polícia, que encaminhou agentes para realizarem a prisão do homem. Antes de chegarem, uma vizinha do acusado informou que ele havia fugido em um Fiat Uno, na direção dos fundos da Vila Capela Saicã, sem destino conhecido.

O corpo da vítima foi encaminhado para a necropsia em São Gabriel. A filha do idoso também representou contra o acusado, pedindo as medidas protetivas dentro da Lei Maria da Penha. O crime é investigado pela Polícia Civil de Cacequi, já que a Capela do Saicã é um dos distritos do município vizinho à Rosário.

O velório de Dornelles está ocorrendo na Sala “B” da Funerária Angelus, na rua Voluntários da Pátria, em Rosário do Sul. O féretro sairá às 16h desta terça-feira (07) para o Cemitério da Capela do Saicã, em Cacequi, onde será sepultado.

Reportagem: Julio Lemos / Gazeta de Rosário

Deixe uma resposta

Top