Você Está
Início > Notícias > Destaque > Já são mais de trinta casos de violência contra a mulher em 2019

Já são mais de trinta casos de violência contra a mulher em 2019

Já são 31 ocorrências envolvendo violência contra a mulher em 2019 em Rosário do Sul. Os três primeiros crimes de fevereiro foram registrados no último final de semana. Em um dos casos, a vítima foi agredida e durante perseguição policial, um dos fugitivos atirou contra a viatura da Brigada Militar.

O caso ocorreu na madrugada de sábado (2), no bairro Jardim Paraíso. A Brigada Militar foi acionada na rua Quaraí, pela vítima, uma senhora de 49 anos. Ela informou que foi até o local em busca da neta, de 16 anos. A mulher acabou sendo agredida por dois homens.

Ao chegar ao local, a BM saiu em busca de três acusados, que fugiram em um GM Monza, com a neta da vítima. Durante a perseguição, os policiais foram alvos de disparos de arma de fogo que não atingiram a viatura. Um dos acusados, de 19 anos, conseguiu fugir, e a arma de fogo não foi encontrada. Os outros dois, de 36 e de 22 anos, acusados pela senhora de terem cometido a agressão contra ela, foram apresentados na DPPA onde foi feito o registro.

Ainda na madrugada de sábado (2), em um bar no bairro Ana Luiza, uma mulher de 32 anos foi vítima de agressão tendo como autores um casal que estava frequentando o mesmo local. As agressões ocorreram na via pública próximo ao bar. O caso foi registrado como lesão corporal e a mulher recebeu formulário de autoexame de corpo de delito (AECD).

Durante a manhã do sábado (2), a Brigada Militar foi acionada em um estabelecimento comercial na rua Voluntários da Pátria, bairro Areias Brancas.  A vítima de 46 anos foi agredida. Ela alegou ter sido ofendida e depois jogada no chão de um quarto. O acusado seria o marido dela, homem de nacionalidade chilena. Ela recebeu formulário de AECD.

Antes, outros nove casos foram registrados nos últimos dias de janeiro, totalizando 28 registros neste primeiro mês de 2019. No dia 31, ocorreu um registro de ameaça consumado, envolvendo um acusado de 23 anos que ameaçou a própria mãe. Na mesma data, outra vítima fez registro de ameaça praticada pelo seu marido. Ela solicitou medidas protetivas. Ainda no dia 31 de janeiro, foi feito registro de ameaça ocorrida no dia 29.

Leia mais notícias da editoria Polícia

Já no dia 30, a Brigada Militar foi acionada para atendimento de ocorrência de lesão corporal nas imediações do centro da cidade. Um homem de 44 anos tentou agredir uma senhora de 71. Duas familiares da vítima, de 18 e 28 anos, tentaram impedir e também acabaram lesionadas.

No dia 27, foi feito o registro de lesão corporal ocorrido no dia 26 de janeiro. A BM foi acionada em um bairro da zona sudoeste, onde a vítima de 36 anos informou ter sido agredida pelo companheiro de 47 anos. Ela recebeu formulário de AECD. Outra jovem solicitou medidas protetivas após ter sido agredida pelo companheiro também na noite de 26 de janeiro.

Nos dias 27 e 28 de janeiro, foram efetuados dois registros de descumprimento de medida protetiva. No primeiro caso, o acusado de 32 anos estava do lado de fora da casa da vítima, de 29. Já no fato ocorrido no dia 28, o filho de 28 anos, negou-se a deixar a casa de sua mãe, de 69, que possui medidas protetivas contra ele.

Foto: Imagem ilustrativa

Deixe uma resposta

Top