Jovens adventistas realizam trabalho social em Rosário do Sul • Gazeta de Rosário
Você Está
Início > Notícias > Cidade > Jovens adventistas realizam trabalho social em Rosário do Sul

Jovens adventistas realizam trabalho social em Rosário do Sul

Jovens membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia realizaram na última quinta-feira (1º) um serviço comunitário na Escola Municipal Barão do Rio Branco, no bairro de mesmo nome. A ação foi desenvolvida dentro do projeto Missão Calebe, que mobiliza milhares de jovens em toda a América do Sul, desafiando-os a dedicar parte de suas férias a evangilizar e realizar serviço social em várias cidades do país.

Em Rosário do Sul, conforme o pastor Luciano Ribeiro, são aproximadamente 30 jovens participando das atividades, sendo 11 deles de outros municípios, e até um do país de Angola. As atividades envolveram a manutenção do espaço da escola, como a realização de pintura da quadra de esportes do educandário. Outras ações do grupo englobam a pintura e manutenção da Escola Estadual Carolina Argemi Vazquez (CIEP) e palestras na creche do bairro Artidor Ortiz.

“Estamos tendo a oportunidade de auxiliar a comunidade nesse momento com a missão Calebe. (…) Tem sido muito bom para os jovens, uma experiência marcante para eles e essa é a intenção, que haja uma troca com a comunidade, eles levarem o auxílio e também receberem um aprendizado para a vida deles”, destaca o pastor Ribeiro.

O projeto Calebe encerra no dia 3 de fevereiro, mas a mobilização dos adventistas seguirá por todo o ano. O trabalho dos adventistas é realizado em todo o país, e segundo Ribeiro, “é uma forma de envolver os jovens e passar valores para eles, em coisas que ficam para a formação futura”.

Participante do projeto pela primeira vez em Rosário do Sul, o jovem estudante de Angola, Marcos Zacarias, está no Brasil há mais de três anos onde faz intercâmbio através da Unisinos, de São Leopoldo, e cursa Engenharia Cartográfica e Agrimensor. Ele destacou que é uma grande experiência e que não perde uma missão Calebe. “Além do conhecimento acadêmico, que é o meu objetivo principal, eu tenho uma experiência cultural aqui no Brasil muito grande. (…) Não me dou o privilégio de faltar na missão Calebe porque é uma oportunidade que a gente tem de usar nossas férias para fazer alguma coisa para o próximo, então é fantástica!”, definiu.

Reportagem e fotos: Julio Lemos / Gazeta de Rosário

Deixe uma resposta

Top