Você Está
Início > Notícias > Destaque > Liana Bazanela assumirá a Associação Riograndense de Propaganda

Liana Bazanela assumirá a Associação Riograndense de Propaganda

A rosariense Liana Bazanela foi eleita presidente da Associação Riograndense de Propaganda (ARP) na última quinta-feira (30), em assembleia ordinária na sede da entidade, em Porto Alegre. Diretora-executiva da Debrito, ela assume a gestão 2018/2019 ao lado de Cado Bottega, da CDN, de Renata Schenkel, do G5, e de Renato Mesquita, do Grupo RBS. Liana é a primeira mulher a ocupar a presidência em mais 60 anos de entidade.

Este não é o primeiro desafio encarado pela rosariense formada em Relações Públicas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Em 2016, ela assumiu o Grupo de Atendimento do Rio Grande do Sul, no lugar da ex-diretora de Negócios da agência Escala, Andréa Schüür. Antes disso, em 2015, Liana venceu o prêmio de profissional de atendimento do ano pela ARP. Ela também é pós-graduada em Marketing, formada em coaching e recentemente fez curso na Universidade de Ohio, nos Estados Unidos.

A posse da nova diretoria da ARP será realizada no Jantar da Propaganda, que acontecerá na próxima quinta-feira (7), no Centro de Eventos do BarraShoppingSul. O encontro marca o fim da Semana ARP da Comunicação. A gestão assumirá oficialmente em janeiro de 2018.

O grupo que comanda a entidade atualmente é composto pelo sócio-proprietário da agência AMA, Zeca Honorato, na presidência, por Daise Aimi, primeira vice, João Batista Melo, da Paim, como segundo vice, e Andrea Correa, do Grupo RBS, como secretária-geral.

Orgulho enorme e uma responsabilidade ainda maior

Em entrevista à Gazeta, Liana Bazanela ressaltou que é um orgulho enorme e uma responsabilidade ainda maior representar um mercado tão importante e repleto de talentos como este. “Queremos entender as ideias e os anseios dos colegas da área de comunicação, além de fazer uma aproximação com os demais profissionais da indústria criativa”, disse ela. “A partir da facilitação de todo este conteúdo que será gerado ouvindo e entendendo as pessoas é que queremos estruturar, de forma colaborativa, os projetos que vamos implementar na nossa gestão”, completou.

A nova gestão já definiu quatro pilares que servirão como norteadores da atuação: admiração pelo mercado e seus profissionais; aproximação com todas as áreas da indústria criativa; gestão colaborativa; e foco em entendimento e facilitação. “Nossa gestão entende que o mercado precisa de mudanças. E elas começam na forma como a entidade se relaciona com quem faz a indústria da comunicação acontecer: as pessoas que atuam nela”, destaca Liana.

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

Top