Você Está
Início > Notícias > Destaque > Policia Civis de Rosário aderem à paralisação estadual

Policia Civis de Rosário aderem à paralisação estadual

Policiais Civis de todo o Rio Grande do Sul estão realizando, entre esta quarta (13) e quinta-feira (14), uma paralisação contra o “pacote do retrocesso”, intitulado pelos policiais, adotado pelo governo Eduardo Leite. Em Rosário do Sul os servidores estão paralisados e o plantão atende somente casos graves.

Na manhã desta quarta-feira, agentes de Rosário do Sul cruzaram os braços em frente à Delegacia de Polícia contra o pacote estadual. A paralisação iniciou às 8h desta quarta e será finalizada às 18h de quinta-feira. No Plantão de Pronto Atendimento, somente serão realizados ocorrências envolvendo a lei Maria da Penha, desde que a vítima exija o pedido de medidas protetivas, bem como ocorrências envolvendo crianças e adolescentes, homicídios, tentativas de homicídio, prisões e furto roubo de veículo. Serviços externos de investigações e trabalhos cartoriais também estarão paralisados nestes dois dias.

Leia mais notícias da editoria Polícia

A manifestação ocorre em todo o RS e foi convocada pelo sindicato da categoria, o UGEIRM. Com a medida, os policiais esperam derrotar a proposta de mudança e garantir a aposentadoria e seus salários. Os servidores da Polícia Civil também estarão conversando com a população, mostrando o que significa o pacote para a segurança pública gaúcha.

O UGEIRM também estará realizando uma assembleia geral da categoria e colocará na pauta o indicativo de greve, intensificando a pressão sobre deputados para a votação do pacote. A concentração será às 13h30 em frente ao Palácio Piratini.

Na quinta-feira (14), segundo dia de paralisação, será realizado um ato conjunto com todas as categorias do serviço público gaúcho, denunciando e repudiando o pacote.

Reportagem e foto: Julio Lemos / Gazeta de Rosário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top