Você Está
Início > Notícias > Destaque > Policiais Civis deflagram greve até integralização salarial

Policiais Civis deflagram greve até integralização salarial

Iniciou na segunda-feira (9), a greve aprovada durante assembleia do Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores de Polícia do Rio Grande do Sul (UGEIRM), realizada no último dia 4, em Porto Alegre. Em Rosário do Sul, os policiais seguem trabalhando e atendendo ao público, porém somente ocorrências consideradas graves, como crimes contra a vida, contra idosos, contra crianças e contra mulheres são registrados no plantão de pronto atendimento.

A greve tem como motivo principal protestar contra o parcelamento dos salários dos servidores estaduais por parte do Governo do Estado. O movimento promete durar até que o governador José Ivo Sartori (PMDB) realize a integralização dos vencimentos do mês de setembro, que está previsto apenas para o dia 17 de outubro.

Cartazes de greve foram postos junto à entrada da DPPA. Foto: Julio Lemos / Gazeta de Rosário

Cartazes sobre a greve foram espalhados pela Delegacia de Polícia de Rosário do Sul. Os policiais estão cumprindo expediente e atendem a comunidade, dando orientação aos mesmos sobre os motivos da greve. Quem procura a DP também é orientado sobre a possibilidade do registro de Boletim de Ocorrência online, através do site www.delegaciaonline.rs.gov.br.

A greve também tem o apoio da Associação dos Delegados da Polícia Civil do RS (ASDEP), que publicou nota sobre o ato. No documento, a entidade se solidariza e apoia as reivindicações dos agentes, além de orientar associados a também apoiarem a decisão da UGEIRM, suspendendo a realização de operações policiais e outros procedimentos.

Os policiais civis, assim como a maioria dos servidores estaduais, estão há mais de 22 meses recebendo os salários parcelados, devido a alegação do governo estadual de falta de receita para a integralização da folha no último dia útil do mês trabalhado. Não foi informado o número de policiais em Rosário que aderiram à paralisação.

Cartaz informa greve no Plantão de Pronto Atendimento. Foto: Julio Lemos / Gazeta de Rosário
Reportagem e fotos: Julio Lemos / Gazeta de Rosário

Deixe uma resposta

Top