Você Está
Início > Notícias > Prefeitura deve receber cerca de R$ 250 mil do MDR

Prefeitura deve receber cerca de R$ 250 mil do MDR

A Prefeitura de Rosário do Sul é uma das 18 cidades que receberão do Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR) cerca de R$ 250 mil para auxiliar na recuperação após as chuvas intensas que atingiram o Rio Grande do Sul. Ao todo, o Ministério está destinando R$ 4,5 milhões para dividir entre os municípios que decretaram situação de emergência.

Conforme informações do Jornal do Comércio, o objetivo é auxiliar os municípios com o escoamento da produção local – principal preocupação manifestada por prefeitos. O anúncio foi feito pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, durante reunião interministerial coordenada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

“O ministério abrirá o sistema (de convênios) para que os entes cadastrem suas propostas com o objetivo de recuperar estradas vicinais que ficaram comprometidas com as chuvas fortes e, consequentemente, prejudicaram o escoamento da produção”, destacou Canuto. As cidades afetadas também podem solicitar apoio emergencial da Defesa Civil Nacional, do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Leia mais notícias da editoria Política

Além de Rosário do Sul, decretaram situação de emergência, as cidades de Alegrete, Bagé, Barra do Quaraí, Caçapava do Sul, Caiçara, Cacequi, Dom Pedrito, Itaqui, Lavras do Sul, Manoel Viana, Quaraí, Santana do Livramento, São Borja, São Francisco de Assis, São Gabriel, Uruguaiana e Pedras Altas. Segundo levantamento divulgado nesta quarta-feira (23) pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), da Sedec, 27 cidades gaúchas foram afetadas pelas chuvas.

Na última terça-feira (22) a prefeita municipal, Zilase Rossignollo (PTB), esteve reunida com ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, da Agricultura, Tereza Cristina, da Secretaria de Governo, Santos Cruz, da Cidadania, Osmar Terra, do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto e da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, além do Secretário Executivo da Secretaria de Governo, Mauro Biancamano. Na ocasião, Zilase relatou os problemas enfrentados pelo município.

Também na terça-feira, foi publicado no Diário da União, a portaria que reconhece a situação de emergência de Rosário do Sul. Dessa forma permite ao município a busca de recursos federais para atender as demandas ocasionadas pelas fortes chuvas.

“Nossos prejuízos foram enormes, buscamos de forma harmônica a relação entre os poderes e soluções que atendam aos anseios da nossa comunidade. Na medida em que todas as forças se encontram em um mesmo objetivo, os resultados passarão a serem alcançados”, destacou Zilase.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

Top