Você Está
Início > Notícias > Cidade > Reforma da Escola Estadual Coronel Breier é entregue

Reforma da Escola Estadual Coronel Breier é entregue

Na manhã da última segunda-feira (25) aconteceu a inauguração da reforma estrutural da Escola Estadual de Ensino Fundamental Coronel Breier, localizada no Campo de Instrução Barão de São Borja (CIBSB). A obra, finalizada em janeiro deste ano, contou com recursos oriundos do Exército Brasileiro, através da 3ª Região Militar.

General Velloso recebeu camiseta e foto do educandário

A cerimônia de inauguração teve início com o hino nacional. Logo após foi lido histórico do educandário. O ato também foi alusivo à despedida do general Márcio Velloso, do comando da 3ª Região Militar, que irá para o quadro reserva. Foi entregue a Velloso uma camiseta e foto da escola, sendo ele convidado a descerrar a faixa inaugural. Uma foto ao lado do patrono Coronel Breier no corredor do Educandário também foi inaugurada na oportunidade. Uma visitação foi feita nas dependências da escola.

A diretora Mara de Lourdes Dias contou que a escola já havia recebido vários materiais e móveis através de projetos de educação, porém o prédio estava com necessidade de reformas, que só foram possíveis após a visita do General Velloso.  As obras foram supervisionadas pelo Coronel Paulo Norberto Conceição e Silva, diretor do CIBSB.

Leia mais notícias da editoria Cidade

Ainda conforme a diretora, o educandário, desde sua criação, tem a importância de manter alunos junto de suas famílias naquela área rural.“A escola é muito importante para nós. É um reduto de esperança onde o filho do nosso gaúcho pode conviver com a família e o campo ao mesmo tempo. Aumentando os laços de amor pelas lides campeiras”, concluiu.

Além de militares, da direção e professores da escola, pais e alunos do educandário fizeram-se presentes, além do coronel Paulo Norberto Conceição da Silva,diretor do CIBSB, e o subtenente Linacir Carvalho de Amorim, adjunto de comando da 3ª Região Militar.

SAIBA MAIS

A região onde se situa a escola Coronel Breier foi ocupada no ano de 1761, quando chegaram à região os primeiros moradores da família Menezes, que dá nome ao “Rincão dos Menezes”. No local, também surgiu posto militar estratégico no ano de 1816. Uma terceira guarnição militar foi alocada na fazenda do Cerrito, que também fica na região, e instalado um ponto de negócios, recrutamentos e autarquias imperiais que lhe dão a importância de uma pequena Corte, dai o nome “Corte”.

Assim, surgem o povoado e a necessidade de educar as crianças. Em 1940 o interventor federal reuniu as aulas isoladas da Corte para formar o educandário, tendo como professora Elvira Cabreira como regente com 78 alunos. Em 1943 passava a chamar-se Grupo Escolar de Corte com 80 alunos e cinco professores. Desde 1955, a escola funcionava em um prédio de madeira, já em condições precárias, porém no ano seguinte foi construído pelo Exército o novo prédio no local, que já contava com 120 alunos.

Em 1973 passou a chamar-se escola rural Coronel Breier, em homenagem ao benfeitor que com dinamismo e relevância preocupou-se com a educação. O educandário já formou gerações, e atende hoje filhos de militares, filhos de agricultores e moradores da região. O nome atual é Escola Estadual de Ensino Fundamental Coronel Breier e nos seus quadros passaram como diretores Juraci Cabreira Peres, Maria José Antunes, Jovina Leal, Ana Maria Antunes, Elisa Silva, o ex-prefeito Luiz Henrique Oliveira Antonello e hoje é diretora a professora Mara de Lourdes Dias.

Reportagem: Julio Lemos / Gazeta de Rosário
Fotos: Divulgação / Escola Coronel Breier

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top