Você Está
Início > Notícias > Destaque > Suspeito de tentar atropelar e balear homem é preso em Rosário do Sul

Suspeito de tentar atropelar e balear homem é preso em Rosário do Sul

Um homem é suspeito de tentar atropelar e balear outro homem. A filha do alvo, uma jovem de 15 anos, acabou ferida com um tiro no braço. O crime aconteceu no dia 16 de maio, no bairro Tenente Bandeira, em Rosário do Sul, e foi registrado como tentativa de homicídio. O suspeito foi preso preventivamente na manhã da última quarta-feira (31). Ele já possuía antecedentes policiais.

Foto: Polícia Civil / Divulgação

O crime ocorreu na rua 4 de Outubro, quando o suspeito, de 25 anos, utilizando um GM Kadett, teria acelerado na direção da vítima, de 44 anos. Ele estaria tentando atropelá-lo, mas o homem conseguiu desviar, jogando-se para o lado. O alvo seguiu em fuga, mas foi alcançado pelo autor, que teria sacado um revólver e atirado em sua direção.

Nesse momento, a filha da vítima, adolescente de 15 anos, saiu de casa para ver o que acontecia e foi atingida de raspão pelo tiro no braço direito. Depois dos disparos, o homem teria fugido do local em alta velocidade, fato que foi presenciado por outra testemunha.

A vítima já estaria sendo ameaçada há vários meses. A motivação do crime seria passional, por uma situação envolvendo a ex-companheira do suspeito.

Extensa ficha criminal

O suspeito preso pela Polícia Civil já possui antecedentes por outra tentativa de homicídio. No fim da tarde de 27 de maio de 2016, na Avenida Coronel Sabino, em Rosário do Sul, ele atirou contra outro homem. A vítima foi baleada, mas sobreviveu.

Na ocasião, o acusado esperou o seu alvo descer de um ônibus e acertando seu tornozelo esquerdo com um tiro. O crime teria ocorrido por motivo fútil, em razão de discussão no local de trabalho dos dois.

Depois, no dia 08 de junho do mesmo ano, uma arma de fogo foi apreendida na residência do acusado – na Rua Simão Broffmann, também no bairro Tenente Bandeira. O homem mantinha o revólver, estilo garrucha, calibre .36, em desacordo com a determinação legal. O artefato não possuía numeração aparente.

Reportagem: Julio Lemos / Gazeta de Rosário

Deixe uma resposta

Top