Você Está
Início > Notícias > Três mulheres foram agredidas em Rosário do Sul na última semana

Três mulheres foram agredidas em Rosário do Sul na última semana

Mais seis casos envolvendo violência contra a mulher foram registrados em Rosário do Sul. Com estes recentes fatos, já são 120 ocorrências envolvendo este tipo de crime desde fevereiro desse ano. Em três deles, as vítimas foram agredidas e uma quarta fugiu com o filho para não ser golpeada com um facão.

Na última segunda-feira (9), uma adolescente de 17 anos, acompanhada de sua mãe, compareceu na Delegacia de Polícia Civil e informou que foi espancada pelo seu ex-marido, de 23 anos. A agressão teria ocorrido quando ela fazia sua mudança para sair da casa em que viviam juntos. Conforme o registro, o homem a ameaçava de morte caso fosse embora. Dois amigos da vítima, um de 26 e outro de 19 anos, estavam no local auxiliando na mudança, e o mais velho também teria sido agredido pelo acusado, além de ter sua moto danificada pelo agressor.

Os rapazes foram embora do local. Neste momento, o acusado teria se armado com um facão e tentado golpear a jovem, que se esquivou. Ela conseguiu fugir do local e solicitou medidas protetivas na Lei Maria da Penha. A vítima e o amigo dela receberam formulários de auto exame de corpo delito (AECD).

Leia mais notícias da editoria Polícia

Outra agressão ocorreu no início da noite de terça-feira (10), na residência onde a vítima, de 41 anos, morava com o acusado, de 37. A Brigada Militar (BM) foi acionada e encontrou a mulher ferida. Ela relatou que foi espancada pelo homem após uma discussão entre o casal. O acusado era seu companheiro há 5 meses.

O homem teria colocado-a a força dentro do veículo dele. A vítima foi arrastada pelos cabelos e levada para a casa do seu pai. Lá, ela foi jogada para fora do carro e novamente arrastada até o imóvel em questão. A mulher sofreu lesões no braço e nas mãos. Ela solicitou medidas protetivas e recebeu formulário de AECD.

Conforme levantamento da reportagem da Gazeta, desde fevereiro já são 120 casos envolvendo violência contra a mulher em Rosário do Sul. Também foi neste mês de fevereiro o maior número de casos registrados, 40 no total. Em julho já somam, até a última quarta-feira (11), nove casos.

Três casos de violência contra a mulher foram registrados no mesmo dia

A quarta-feira (11) teve pelo menos três registros de violência contra a mulher em Rosário do Sul. Em dois deles as vítimas foram agredidas.

Na zona norte da cidade, a BM foi acionada pela vítima, de 27 anos, que relatou que seu irmão, de 21, havia lhe espancado. A mulher relatou que na noite anterior ele esteve em sua residência, pedindo para pernoitar no local. Conforme a vítima, o homem estava embriagado e devido a seu estado ela permitiu sua estadia, porém no dia seguinte solicitou que deixasse o local. Revoltado, ele teria se armado com uma faca e lhe ameaçado de morte. Depois, passou a espancá-la com socos e tapas.

A mulher ficou ferida devido aos golpes. O acusado ainda teria causado danos no imóvel, destruindo uma televisão e um telefone. A vítima também recebeu formulário de AECD e solicitou medidas protetivas. O caso foi registrado como lesão corporal consumada.

Na mesma data, às 14h a Polícia Civil foi acionada para atender uma ocorrência de ameaça, em um bairro na zona norte da cidade. No local, contataram a vítima, de 18 anos. Ela relatou que foi ameaçada de morte pelo seu companheiro. O homem teria se armado com um facão quando a adolescente afirmou que iria embora da casa onde moravam. A vítima fugiu do local levando o filho.

A adolescente residia com o filho de dois anos e o acusado, de 63. A Brigada Militar deteve o homem com um facão de 47 centímetros de lâmina, que foi apreendido. As partes foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia Civil.

Outro caso foi registrado na quarta-feira, por volta das 12h30, como vias de fato consumado. Na ocasião, uma mulher 57 anos teria sido agredida pelo seu ex-companheiro. Ela relatou que está separada do agressor, de idade não divulgada, há 20 anos, mas que o mesmo costuma ir à residência dela. Na data do registro, a vítima estaria com seu namorado no imóvel, quando o acusado chegou e lhe desferiu um tapa no rosto, ameaçando o casal.

AMEAÇA – O sexto caso recente registrado diz respeito a ameaças contra uma mulher. A BM foi acionada pela vítima na terça-feira (10), por volta das 14h, na zona norte da cidade. A mulher, de 38 anos, teria sido ameaçada pelo ex-marido, de 61. Ele teria ido até a residência da vítima para lhe importunar, e ainda estava no local quando da chegada dos policiais. Após os relatos, ambos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil. A vítima requereu medidas protetivas contra o autor. Os dois não estavam lesionados.

Foto: Divulgação / Freepik

Deixe uma resposta

Top