Você Está
Início > Notícias > Mais três casos de violência contra mulher são registrados em Rosário

Mais três casos de violência contra mulher são registrados em Rosário

Mais três casos de violência contra a mulher foram registrados em Rosário do Sul, sendo dois deles referentes ao mês de outubro e o terceiro ocorrido no mês passado. Com estes casos, desde fevereiro deste ano quando teve início o levantamento da Gazeta de Rosário, já são 166 casos.

A ocorrência mais recente foi registrada na noite de domingo (7). A vítima relatou que teve uma discussão com seu companheiro, o qual teria lhe mordido na cabeça e no rosto, além de bater a cabeça dela. O fato ocorreu no centro da cidade. A vítima ainda relatou que já foi agredida antes, mas que não tinha registrado ocorrência policial contra o agressor. Ela solicitou medidas protetivas. O caso foi registrado como lesão corporal consumado.

Antes, na madrugada de quinta-feira (4), uma mulher relatou que seu companheiro chegou embriagado e passou a importuná-la, tendo derrubado ela da cama passando a insultá-la.  A mulher reagiu e conseguiu fugir.  A vítima não quis solicitar medidas protetivas.

Leia mais notícias da editoria Polícia

No mês que passou, ocorreu registro de lesão corporal consumado envolvendo uma jovem na zona oeste da cidade. O caso ocorreu às 21h do dia 26 de setembro. A vítima relatou que dormia quando acordou com gritos de um homem em frente da casa xingando a madrinha dela, uma senhora idosa. Ao ver o que ocorria, a vítima acabou sendo espancada com socos e chutes pelo homem. As filhas dele também se envolveram no espancamento e arrastaram a vítima pela rua, rasgando a roupa e causando escoriações em seus joelhos. A esposa do agressor também teria atingido a vítima. O acusado foi identificado e foi feito o registro de Lesão Corporal Consumado.

Com estes casos subiu para 19 o número de registros em setembro. Em outubro, foram dois registros. O mês de maior incidência de violência contra a mulher no município foi fevereiro, quando ocorreram 40 casos.

Deixe uma resposta

Top