Você Está
Início > Notícias > Destaque > Homem é preso por estuprar a própria filha em Rosário do Sul

Homem é preso por estuprar a própria filha em Rosário do Sul

Um homem de 38 anos foi preso preventivamente na tarde desta quinta-feira (14), em Rosário do Sul, acusado de estuprar a própria filha, menor de idade.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

O mandado de prisão preventiva foi cumprido por agentes do Setor de Investigação da Delegacia de Polícia Civil de Rosário do Sul. De acordo com delegado Fabio Miguez, responsável pela investigação, o homem é acusado de estuprar a própria filha e ameaçá-la para que se mantivesse em silêncio.

Da violência, a menina restou grávida. Um exame de DNA comprovou a paternidade do agressor. Após as diligências, o indivíduo foi encaminhado ao Presídio Estadual de Rosário do Sul, onde ficará à disposição da Justiça.

O nome do acusado, rosariense, não será revelado para preservar a identidade da vítima. A idade da menina não foi divulgada até o momento, só se sabe que ela é menor.

ATUALIZAÇÃO:

A menina foi violentada aos 13 anos e engravidou. Hoje, ela tem 15 anos. A criança nasceu no ano passado.

Conforme o site oficial da Polícia Civil, o homem tem 52 anos. A menina residia com o pai em Rosário do Sul, e a mãe morava em Santa Maria. Após a gravidez, a vítima teria ido morar com a mãe e relatado que estaria grávida de um namorado, também adolescente e residente em Rosário do Sul.

“A mãe teria desconfiado da história e pressionado para saber a verdade dos fatos, quando a filha contou que teria sido abusada pelo próprio pai. Foi solicitado exame de DNA e o resultado foi positivo de que o filho da adolescente seria do próprio pai”, contou o delegado Miguez. Também foi realizada uma avaliação psicológica que indicou a veracidade dos relatos produzidos pela menina. “Com essas provas, foi representada pela prisão preventiva do suspeito”, acrescentou o delegado.

Miguez informou que os estupros iniciaram no final de 2015, quando a adolescente tinha 13 anos. “Eles foram em um baile gaúcho, ele bebeu e deu bebida para ela e os dois chegaram alterados. Ela foi dormir na cama dele, como era de costume, só que ele se aproveitou dela. A partir dali, ela era violentada quase todos os dias .”

Em depoimento à polícia, o homem negou ter estuprado e engravidado a filha. O homem é reincidente, visto que já tinha outras duas condenações criminais definitivas, além de vários registros.

Ele havia sido condenado em 2006 a dois anos e sete meses de reclusão por furto qualificado da carne de um animal bovino abatido por ele e outros dois acusados na propriedade da vítima. O crime foi cometido em 2002, no interior de Rosário do Sul. A pena privativa de liberdade foi substituída por duas restritivas de direitos, que consistiram em  limitação de fim de semana e em prestação de serviço à comunidade.

Já em 2007, o homem foi condenado a um ano e oito meses de detenção, em regime aberto, por lesão corporal culposa por agir com imprudência, imperícia e negligência na direção de veículo automotor em 2004. Na época, ele atropelou um ciclista que trafegava pelo acostamento da Avenida Coronel Sabino de Araújo, e não prestou socorro. A vítima foi encaminhada ao Hospital de Caridade Nossa Senhora Auxiliadora por populares e precisou ter uma das pernas amputadas devido aos ferimentos. O acusado estaria trafegando pela contramão da via, em velocidade acima da permitida. Além da pena de detenção, teve seu direito de dirigir veículo automotor suspenso pelo mesmo período de tempo.

Deixe uma resposta

Top