Você Está
Início > Notícias > Geral > Dezembro deve ser marcado por pouca chuva na região de Rosário do Sul

Dezembro deve ser marcado por pouca chuva na região de Rosário do Sul

Dezembro deve ser um mês marcado por pouca chuva e baixa incidência de temporais. Isso é o que indica o monitoramento climático adquirido pelos Centros de Operações Integrado (Coisa) da RGE e RGE Sul junto a um instituto privado de meteorologia. Entretanto, por se tratar de previsões, as concessionárias do Grupo CPFL Energia seguem fazendo o acompanhamento diário do clima para identificar possíveis alterações nos cenários e mobilizar equipes em caso de contingências.

Segundo o estudo, os modelos oceânicos indicam que a probabilidade maior para os próximos meses é da manutenção da neutralidade, mas com um ligeiro viés negativo ou formação do fenômeno La Niña de baixa intensidade.

A chance de formação do fenômeno é fraca, mas não pode ser descartada. De qualquer forma, a região de interesse deve ter chuva perto da normalidade, podendo intercalar meses ligeiramente mais secos, com meses mais molhados.

As duas concessionárias frisam que possuem tecnologia para identificar as principais ocorrências no seu sistema elétrico e têm como praxe adotar medidas necessárias para o restabelecimento, sempre priorizando as cargas essenciais, tais como hospitais, postos de saúde, captação de água, prédios públicos, UTI domiciliares e outros.

A RGE Sul atende Rosário do Sul. No município, o site de meteorologia Climatempo prevê alguma precipitação para esta quinta-feira (7), com 5 milímetros, porém muito calor, com mínima de 22°C e máxima de 33°C. Após isso, só deve voltar a chover no território rosariense em 16 de dezembro, para quando estão previstos 8mm. Conforme a RGE e RGE Sul, no entanto, os dias 11, 12, 13, 17, 21 e 26 podem ter pancadas de chuva e raios na região. Já os dias 27 e 31 tem chances de muita chuva e raios.

Foto: Julio Lemos / Gazeta de Rosário

Deixe uma resposta

Top