Você Está
Início > Notícias > Geral > Rosário do Sul tem primeiro balneário de água doce a receber o projeto Praia Acessível

Rosário do Sul tem primeiro balneário de água doce a receber o projeto Praia Acessível

A manhã do último sábado (06) entrou para a história do município de Rosário do Sul, que se tornou o primeiro balneário de água doce do interior a receber o projeto “Praia Acessível”, Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades no Rio Grande do Sul (FADERS). A partir dele, uma cadeira anfíbia para o banho no rio Santa Maria está disponível para cadeirantes em Rosário do Sul durante todo o veraneio de 2018.

A proposição foi do vereador Álvaro Gonçalves (PRB), com apoio da Associação das Pessoas com Deficiência de Rosário do Sul. “Este projeto é de grande importância dentro da luta pelos deficientes, pois Rosário do Sul é a primeira cidade de água doce a ter este trabalho atendendo os cadeirantes. A conquista fará de Rosário uma referência para a região e para o Rio Grande do Sul na luta pela inclusão. A nossa luta sempre foi valorizar os deficientes de nossa cidade”, explicou Gonçalves.

O projeto irá funcionar em Rosário do Sul com o apoio da Administração Municipal, que disponibilizará um veículo para levar o cadeirante e um familiar até a beira da Praia da Areias Brancas. Assim, os beneficiados, acompanhados de um funcionário capacitado e treinado pela FADERS, terão acesso ao rio Santa Maria. O Corpo de Bombeiros fará o apoio aos banhos dos cadeirantes. A Secretaria de Assistência Social disponibilizou servidores para o treinamento e a Secretaria de Saúde colocará o veículo à disposição.

O projeto Praia Acessível promoverá o evento “Praia Inclusiva” todas as sextas-feiras, entre janeiro e fevereiro, sempre das 9h às 12h e das 13h30 às 17h. O agendamento será feito no local, também às sextas. A cadeira anfíbia foi emprestada ao município e ao final dos dois meses retornará para a FADERS.

Além dos citados, estiveram presentes no lançamento do projeto o presidente da Associação das Pessoas com Deficiência de Rosário do Sul, Paulo Giovani Torres, o presidente do Legislativo Elizandro Paz (PP) e vereador secretário Glei Pacheco (PDT), além do prefeito em exercício Rafael Pinto (PPS), do diretor administrativo da FADERS, Romário Cruz e da coordenadora do projeto, Claudia Alfama, junto à Suzana Andrade, que é terapeuta ocupacional da FADERS, e ainda os secretários municipais de Assistência Social e de Saúde, Catarina Vasconcelos e Márcio Valles, respectivamente, entre outros.

A chuva fez com que a demonstração acabasse não ocorrendo na manhã de sábado. O primeiro dia que o projeto funcionará, na íntegra, será na próxima sexta-feira (12), às 9h da manhã.

Saiba mais

O Praia Acessível já está disponível em outros 13 municípios, sendo: Rio Grande, Pelotas, São Lourenço, Pinhal, Cidreira, Mostardas, Tramandaí, Imbé, Xangri-lá, Osório, Capão da Canoa, Arroio do Sal, Torres e Arambaré. O projeto Praia Acessível integra o Projeto Verão para Todos 2017/2018 desde 2013.

A novidade do verão 2017/2018 é que o projeto foi estendido a 15 balneários, incluindo o de Rosário do Sul, de água doce. As capacitações para manuseio das cadeiras anfíbias também foram ampliadas: agora, familiares e amigos das pessoas com deficiência também aprendem como manusear a cadeira.

Promovido pela Faders Acessibilidade e Inclusão, com parceiros públicos, privados e voluntários, o projeto pretende – essencialmente – criar uma cultura de respeito à acessibilidade a beira mar e incentivar os gestores públicos a implementar e manter projetos permanentes de acessibilidade em seus municípios.

Reportagem: Julio Lemos / Gazeta de Rosário
Fotos: Jair Silva / Divulgação

Deixe uma resposta

Top