Você Está
Início > Notícias > Destaque > Idoso morre após ser espancado em Rosário do Sul

Idoso morre após ser espancado em Rosário do Sul

Faleceu na última quarta-feira (16), na Santa Casa de Misericórdia de São Gabriel, o comerciante e ex-dirigente de futebol João Carlos da Silva, 69 anos. O idoso foi vítima de espancamento durante roubo praticado na madrugada do último dia 03. O crime foi cometido em sua residência, onde também funcionava seu estabelecimento comercial, no bairro Presidente Vargas.

João Carlos da Silva era comerciante e ex-dirigente de futebol. Foto: Reprodução

Da Silva estava internado há mais de duas semanas. Ele passou pelo Hospital de Caridade Nossa Senhora Auxiliadora, em Rosário do Sul, e foi transferido para a casa de saúde gabrielense. O caso é investigado pela Polícia Civil, que trata o crime como latrocínio – roubo seguido de morte. Uma quantia em dinheiro teria sido levada do interior do estabelecimento comercial do idoso (foto), localizado na parte da frente da sua residência. A vítima foi espancada com uso de um pedaço de madeira, que foi apreendido pela Brigada Militar na ocasião.

O homem sofreu afundamento craniano e outras fraturas, como mão e dedos quebrados, além de lesões na perna. Da Silva possuía dificuldades para se locomover, visto que era deficiente físico – teve seu pé esquerdo amputado. Ele completou 69 anos no último sábado (12), ainda internado na Santa Casa de São Gabriel. Seu quadro agravou-se e o senhor não resistiu, vindo a falecer dias depois. O corpo passou por exame de necropsia e foi sepultado às 17h30 de quinta-feira (17), no Cemitério Municipal São Sebastião, em Rosário do Sul.

João Carlos da Silva era comerciante conhecido na zona oeste da cidade, onde possuía o Armazém Silva. Apaixonado por futebol, o idoso manteve por várias décadas o Esporte Clube Atlético Rosariense. A equipe, sob seu comando nos cargos de presidente, dirigente e treinador, atuou na categoria Principal do Campeonato Municipal de Futebol – Citadino, entre outros torneios. Ele era viúvo e deixa uma filha, netos e bisnetos.

Um pedaço de madeira foi a arma usada. Foto: Brigada Militar / Arquivo

A Polícia Civil de Rosário está ouvindo testemunhas e apura a autoria do crime, que pode ter sido cometido por mais de uma pessoa.

O crime

João Carlos da Silva foi espancado na madrugada de 3 de agosto. A Brigada Militar foi acionada às 4h40 por vizinhos do idoso, e encontrando o senhor no imóvel, ensanguentado e com diversos ferimentos. Ele estava consciente no momento do atendimento, mas não foi capaz de informar quem o agrediu.

A vítima foi encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Caridade Nossa Senhora Auxiliadora, onde ficou internado por alguns dias. Devido aos traumatismos e lesões, foi transferido para a Santa Casa de São Gabriel, onde veio a falecer.

Foi o terceiro crime com vítima fatal este ano em Rosário do Sul. No dia 28 de maio, Alfredo Rodrigues Machado, 55 anos, foi morto por um disparo de arma de fogo em uma propriedade no Campo Seco. E em abril, Tafarel Leonardo de Souza, 28 anos, faleceu alguns dias após ter sido esfaqueado no interior do Cemitério São Sebastião. Os dois autores destes crimes foram identificados e recolhidos ao Presídio Estadual de Rosário do Sul.

Reportagem: Julio Lemos / Gazeta de Rosário
Fotos: Julio Lemos / Gazeta de Rosário, Reprodução e Brigada Militar / Divulgação

Deixe uma resposta

Top