Você Está
Início > Notícias > Legislativo de Rosário do Sul oferece apoio à greve dos professores estaduais

Legislativo de Rosário do Sul oferece apoio à greve dos professores estaduais

Na manhã da última segunda-feira (2), representantes do Comando de Greve do CPERS Sindicato de Rosário do Sul se reuniram com o Poder Legislativo na Câmara de Vereadores do município. No encontro, os servidores estaduais solicitaram o apoio do Legislativo municipal ao movimento grevista.

A reunião resultou em duas moções de repúdio às políticas de governo de José Ivo Sartori, em relação ao constante parcelamento salarial do funcionalismo estadual. Os documentos são de autoria dos vereadores Álvaro Gonçalves (PRB) e Gilson Alves (PDT), presidente do Legislativo, e foram aprovados, com apoio dos demais parlamentares, na última sessão ordinária legislativa, na mesma segunda-feira.

O texto deverá ser encaminhado à Assembleia Legislativa do Estado com o objetivo de pressionar os deputados estaduais, principalmente no que diz respeito às reivindicações feitas pelo comando de greve.

Após parcelar os salários dos funcionários estaduais desde 2015, o Governo do Estado pagou o mês de setembro de forma escalonada. Apenas servidores com salários de até R$1.750,00 foram pagos até o momento. Demais servidores deverão receber até o dia 17 deste mês.

Nesta semana, o Governo anunciou a decisão de que irá demitir os professores e funcionários de escolas contratados em caráter emergencial que estão participando da greve. Segundo informações do CPERS, o governo fez um pedido para que as direções das escolas informem quem está paralisado. Ainda de acordo com o CPERS, a greve, que já dura quase um mês, continua muito forte em todo o estado, e não tem previsão de término.

Deixe uma resposta

Top